<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7876992\x26blogName\x3djoaoscottex\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://joaoscotex66.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://joaoscotex66.blogspot.com/\x26vt\x3d7900938790244365435', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Festival do Mediterrâneo - Último dia


A Naifa


Lo' Jo

Noite quente!
Fim de Festival enorme, mesmo sendo dia de trabalho ninguém arredou pé!
Projecto A Naifa, excelente pela sua forma de interpretar o fado, simplesmente fado!
Lo' Jo grupo Francês com origens nas actuações de rua, forma de arte tão popular em França há mais de 18 anos, este sexteto desenvolveu um som muito unificado, reflectindo a sua cultura comunal. Tocam os mais diversos instrumentos, interpretando a variedade na origem da sua composição, dos tuaregs ao som caribenho.
Tenho que dar a mão à palmatória, a organização deste Festival, apesar de pequenos acertos a fazer na próxima edição, esteve num plano elevado (o que numa Câmara Municipal é de louvar!) tanto na escolha do programa, como na sua implementação.
Alerto para que se atraíam mais artesãos, e se lhes dê as condições adequadas a mostrarem as suas artes, bancas com dignidade é o minímo exigível!
Na zona das tasquinhas, esteve quase tudo bem, o meu destaque vai para o Rest. Marrakesh e a sua tenda com cachimbo d'água, e as suas dançarinas exóticas, assim como também a comida!
A organização deverá chamar à atenção de alguns dos responsáveis pelas tasquinhas, que o Fetival serve de montra e não para facturarem pequenos pratos a preços elevados! E, providenciar para que a comida não acabe a meio da noite! Não acham? Talvez fosse melhor convidarem apenas restaurantes. É só uma opinião.
Excelente Festival, aguardo o próximo ainda por cima em ano de Campeonato do Mundo de Futebol, não se esqueçam do ecrã gigante!

PS- Não esquecer, que no mesmo local (Cerca do Convento) ao lado da CMLoulé, se vai realizar a 11ª edição do Festival Jazz de Loulé, todas as 6ª feiras de Julho! Com um programa excepcional.
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »