<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7876992\x26blogName\x3djoaoscottex\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://joaoscotex66.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://joaoscotex66.blogspot.com/\x26vt\x3d7900938790244365435', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Labirinto



A vida é um labirinto, mas também não havia necessidade de ser TÃO difícil!?...
Decidir, uma capacidade racional ou emocional?
Alguém consegue decidir sabendo o resultado da decisão?
Será melhor uma má decisão, do que uma indecisão?
Eis, o labirinto da decisão.
Decidir será sempre um acto inconsciente de manifestação dos nossos sentidos, ou então uma capacidade aleatória de impulsos químico-eléctricos dos nossos neurónios, em reacção aos dados acumulados na memória?
Melhor. Decidimos e depois se vê que reacções obtemos em resultado da decisão.

Ainda não estão loucos?! E indecisos?!
Decidam, querem entrar no labirinto da vida?
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »