<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7876992\x26blogName\x3djoaoscottex\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://joaoscotex66.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://joaoscotex66.blogspot.com/\x26vt\x3d7900938790244365435', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Manual escolar - é triste...

Livros na ou para a escola? O que fazer?

O Ministério da Educação, revogou ou anulou (como quiserem), o Decreto de Lei que regulava 0 funcionamento da escolha de manuais escolares, no 2º e 3º ensinos, e a forma como os alunos volutariamente podiam entregá-los na sua escola, para serem reutilizados por outros alunos, que era suposto ser iniciado no próximo ano lectivo 2005/06. Devo recordar que o vencimento médio em Portugal é de 600 €, os manuais podem custar até 150 €.

Este Governo começa bem..., das Associações de Pais e FENPROF, esperamos a normal indignação e manifestação da sua discordância (a não ser que sejam influenciadas pela sua tendência política), pela decisão errada deste Governo, que em vez de aproveitar uma lei que apela à poupança e responsabilidade, se decide a beneficiar unicamente as Editoras. Viva o "lobby" das Editoras!

Mais incrível, é que este políticos irresponsáveis e socialmente pouco atentos (é o minímo), argumentem que esta decisão se deve ao facto de os actuais manuais, terem no seu conteúdo exercícios escritos, e que os alunos podem mudar de escola e ainda, este é o melhor - ESTE NOVO SISTEMA É MUITO CARO.

Ah! Ah! Ah! Ah! Ah! (só rindo).

Estes senhores políticos, que têm agora entre os 40 e os 60 anos, enquanto frequentadores do ensino, talvez tenham tido pais ricos, que lhes dessem manuais novos, mas eu (tenho 38 anos) recordo-me perfeitamente de apagar exercícios, escritos a lápis, de manuais de manuis que a minha irmã tinha utilizado. É triste, que continuemos a assistir, ano após ano, a decisões irresponsáveis dos nossos impreparados políticos, que só se preocupam em olhar para o seu umbigo.

Qualquer pessoa normal, chegaria a conclusão que os manuais, podem ser reutilizados, em ciclos de 2, 3 ou 4 anos (investiguem, com tantos funcionários públicos?) e talvez no próximo ciclo de manuais fosse possível fazê-los sem exercícios escritos, que poderiam ser vendidos separadamente, nas escolas. Boa ideia não?

A irresponsabilidade e especial devoção aos grupos de pressão, que os políticos portugueses apresentam, sem vergonha de qualquer espécie, é no minímo irritante e triste. São tiques que se repetem, como é que isto é possível? Vamos ver qual é a reacção da imprensa, que tem estado tão silenciosa, influências dos seus escribas de esquerda? Talvez não, cá estaremos para observar.

« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »