<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d7876992\x26blogName\x3djoaoscottex\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://joaoscotex66.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://joaoscotex66.blogspot.com/\x26vt\x3d7900938790244365435', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

25 de Abril de 1974 - Liberdade

10.jpg
A Vida é Liberdade.
Por onde andará esta criança? Coloquei a cópia deste cartaz que deu a volta-ao-mundo, pela sua beleza e singelo significado pessoal.
Eu, não tenho um particular apreço pela data, porque originou o desmoronar do meu núcleo familiar e do centro da minha vida. Tinha 7 anos, quase 8, frequentava o 3º ano do Ensino Básico, praticava natação e ginática desportiva, tinha 2 magníficos cães (Rex e Bejenico, Pastor-alemão e Baixote), vivia em plena harmonia com tudo e todos em Lourenço Marques (Moçambique). Pelas incidências e consequências óbvias, do 25 de Abril de 1974, assisti a um conjunto de situações e imagens que me recuso a referir aqui pela sua crueza e dureza (das quais estou refeito, penso!), tenho ainda que deixar um apontamento a todos os amigos que abandonei e dos quais infelizmente não me recordo dos nomes, mas deixo aqui um grande abraço a todas as crianças que foram afectadas por este magnífico acontecimento.
O MFA, deu origem ao movimento que teve, como resultado (em Portugal), a libertação de um POVO, oprimido, e sem futuro. Os pormenores já todos sabem, ou deviam saber.
Hoje, vivemos em LIBERDADE como todos sabem, vejo que há muita gente (de esquerda) preocupada, pela falta de interesse da população, na comemoração do 25 de Abril, mas ao mesmo tempo, também não os vejo preocupados com a comemoração de outras datas de igual importâncica, como por exemplo, o 5 de Outubro (Implantação da República).
Em Portugal, temos por hábito pensar que os Feriados Nacionais e Internacionais, não são mais do que dias (às vezes transformados em pequenas férias, pelas famosas "pontes") para o nosso prazer e descanso, e não nos preocuparmos, que esses dias existem para nos recordar, o que outros fizeram, muitas vezes, com o sacrifício da sua própria vida. Mas, a Liberdade que se comemora no dia 25 de Abril, com a bela idade de 31 anos, é uma palavra cujo conteúdo, é moldado por TODOS, e será sempre um conceito em permanente evolução, porque a sociedade é dinâmica. A preocupação de manter viva a Chama do Conceito da palavra - LIBERDADE - depende de TODOS, igual à nossa necessidade de respirar, comer e socializar.
Falar, neste caso, escrever não é suficiente, temos que actuar no nosso dia-a-dia sempre com a preocupação de entendermos o que é a LIBERDADE, não para nós, mas para os outros.
VIVA A LIBERDADE.
« Home | Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »
| Next »